• Homepage
  • >
  • Creci
  • >
  • Projeto de lei que permite atuação de corretores na negociação de imóveis da Prefeitura é aprovado pela Câmara Municipal

Projeto de lei que permite atuação de corretores na negociação de imóveis da Prefeitura é aprovado pela Câmara Municipal

segunda-feira, 6 junho, 2022

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou no dia 24 de maio, em segunda votação, o projeto de lei 42/2001 que busca aprimorar os procedimentos de gestão e alienação dos imóveis da Prefeitura do Rio, possibilitando aos corretores de imóveis atuar na negociação dessas unidades. A aquisição pode ocorrer por concorrência, leilão público ou através da venda direta, com a participação dos profissionais.

- A Prefeitura tem um problema sério com seus imóveis públicos. Facilitar o processo de venda é uma forma de darmos logo um novo uso para esses endereços, e uma nova vida para várias regiões da cidade afirma o vereador Pedro Duarte, um dos autores do projeto.

O presidente do Creci-RJ, Marcelo Moura, celebra o avanço do projeto como possibilidade de novos negócios para os corretores, mas também como iniciativa de valorização da classe

- Nossa atuação é focada no desenvolvimento de ações para ampliar as oportunidades de negócios para os corretores de imóveis e também de valorização de nossa profissão. E a aprovação desse projeto vai proporcionar o aumento no número de transações, além de dar uma nova funcionalidade para imóveis que muitas vezes não estão sendo utilizados, o que atrai os investidores e movimenta a economia da cidade – comenta o presidente do Creci-RJ, Marcelo Moura.

De acordo com estudo realizado pelo gabinete do vereador Pedro Duarte, o Município do Rio de Janeiro é proprietário de mais de 8 mil imóveis - muitos estão sem uso e totalmente vazios. O projeto segue para a sanção do Prefeito do Rio

O Creci-RJ tem atuado de forma expressiva junto à Prefeitura para que a sanção ocorra o mais breve possível. O Conselho está totalmente inserido nesse debate, desde a participação de audiências públicas sobre o tema até reuniões com vereadores autores do projeto. Essa será mais uma conquista para a categoria e ajudará muito os corretores de imóveis da cidade.