Prédios verdes somam R$ 22 bilhões no Brasil

As edificações sustentáveis, também conhecidas como prédios verdes, começam a ganhar mais espaço nas construções brasileiras. Segundo levantamento Green Building Council Brasil (GBC Brasil) e a Reed Exhibitions Alcantara Machado, esse modelo de empreendimento movimentou R$ 22 bilhões em 2012. Para este ano, a previsão é que esse segmento mantenha uma tendência de alta. Em julho de 2013, o número de projetos registrados como sustentáveis somavam 769, sendo 109 certificados. A expectativa do GBC Brasil é finalizar 2013 com o número de 900 projetos registrados, sendo 120 certificados, e alcançar a terceira posição no ranking mundial. O estudo aponta ainda que, até 2010, os prédios verdes não somavam 3% das edificações, esse número triplicou em 2012, chegando a 9%. A certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) também deve crescer. "A certificação LEED está presente em 143 países diferentes. No Brasil, o Sudeste ainda concentra o maior número de empreendimentos, mas o Nordeste do País também está se destacando", diz Para Liliane Bortoluci, diretora da ExpoGBC, evento que tratará do assunto em São Paulo de 27 a 29 de agosto. Fonte: DCI, 23 de agosto