Expansão do Parque Madureira

O Dia das Crianças em Rocha Miranda, Turiaçu e redondezas vai ser diferente, e muito provavelmente inesquecível para a garotada da região. Com a inauguração da expansão do Parque Madureira no dia 12, uma série de equipamentos públicos de lazer estará à disposição dos moradores. Inclusive uma praia. Sim, é isso mesmo o que você está lendo. E com coqueiros, vegetação de restinga, areia para cadeira e guarda-sol, e nenhum sufoco com ônibus lotado ou falta de policiamento.

"Vai ser a melhor coisa do mundo. Independentemente de confusão na praia ou não, uma coisa é encarar ônibus para ir à praia no calor, ida e volta. Outra é ter uma praia para chamar de sua na porta de casa. Se isso não é qualidade de vida, não sei mais o que é", comemora a telefonista Jessika Cunha, de 35 anos, mãe dos gêmeos Igor e Iury, de 3 anos.

O DIA foi o único veículo a conhecer a extensão do parque totalmente pronta para inauguração. E viu que as atrações vão muito além da Praia de Rocha Miranda, como está sendo chamada.

São muitas as atrações. Uma delas é a Brincadeira de Água, que são vários chafarizes sincronizados para alegria da garotada. "Na primeira parte do Parque Madureira, os moradores elogiaram muito a cascata e pediram que nesta extensão fizéssemos mais áreas de convívio com água, por causa da alta temperatura na região. Atendemos a este desejo da população", explicou o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto.

Pensando no calor, a quantidade de árvores também é maior do que na parte do parque já inaugurada. E foram plantadas árvores adultas, e não apenas mudas, para aumentar a área natural de sombras neste verão.

Outra adaptação feita a pedido dos moradores são os pequenos palcos construídos j unto aos quiosques, dando mais conforto aos músicos que costumam se apresentar no parque em rodas de samba, blues e até jazz.

Também foi implantado um moderno terminal de ônibus próximo ao Viaduto dos Italianos, que facilitará o acesso ao parque, além de organizar o trânsito no entorno. Assim como no projeto original, todas as estruturas são ecologicamente corretas, com teto verde, parede verde, uso de energia solar, iluminação em LED e por sensor e reuso de água.

As obras de expansão começaram em maio de 2014, com investimento de R$ 278 milhões e serão totalmente entregues no fim de 2016 com 4,5 quilômetros de extensão, mais que o triplo do 1,3 quilômetro atual, alcançando tamanho correspondente ao da Avenida Atlântica.

Ainda serão construídas uma pista de esqui artificial, ciclovia, muros de escalada, pista half pipe para skatistas e quadra de tênis. A ampliação vai até a expansão da Via Light, cortando nove bairros: Turiaçu, Oswaldo Cruz, Rocha Miranda, Bento Ribeiro, Honório Gurgel, Marechal Hermes, Guadalupe, Madureira e Barros Filho.

 

Fonte: O Dia - 04/10/2015