• Homepage
  • >
  • Mercado
  • >
  • Estado ganha 198 mil unidades do Minha casa, Minha vida

Estado ganha 198 mil unidades do Minha casa, Minha vida

  O Estado do Rio se prepara para receber quase 198 mil imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida. Deste total, 65 mil unidades já foram entregues, de acordo com o superintendente da Caixa Econômica Federal no Rio, José Domingos Martins. Só na semana passada foram liberados 2.570 imóveis residenciais no Centro, Freguesia, Belford Roxo e Duque de Caxias. Os residenciais Zé Keti e Ismael Silva, no antigo Complexo Frei Caneca, no Centro, contemplam famílias com renda mensal de até R$ 1.600 Segundo Martins, os números de moradia no país pelo programa habitacional são ainda mais expressivos, chegando a 2 ,4 milhões, das quais a Caixa é responsável por 87% deste total. "Mais de 1,702 milhão de pessoas está com a chave da casa própria na mão", ressalta Martins. O Minha Casa, Minha Vida é destinado a famílias que se encaixam em três faixas de renda: até R$1.600, contemplação por sorteio feito pelas prefeituras); até R$ 3.100; e até R$ 5.400. Neste último caso, o imóvel no Rio não pode custar mais do que R$ 190 mil. José Domingos diz ainda q ue, no caso da faixa R$1.600, foram contratadas no Rio 106.500 unidades, sendo 24.550 entregues. Nas faixas outras duas, o total é de 91.100 moradias, com 40.450 imóveis entregues. Unidades entregues no Centro do Rio Mais de 3.900 pessoas foram beneficiadas com a entrega dos residenciais Zé Keti e Ismael Silva, no antigo Complexo da Frei Caneca, no Centro da Rio. Os condomínios oferecem 998 imóveis de dois quartos e contam com quadra, playground, além de áreas livres gramadas. Na Zona Oeste, o programa entregou 576 moradias dos residenciais Itamar Franco I e I I que também têm área de lazer com salão de festas e playground em cada lote. Em Belford Roxo, foram entregues 500 unidades do Residencial Monza. Já em Duque de Caxias, o Minha Casa, Minha Vida contemplou 496 famílias com o Residencial Parma. Todos estes projetos são voltados para famílias com renda de até R$1,6 mil.   Fonte: O Dia, Cristiane Campos - 06/07/2014