Estacionamentos do Rio terão licitação em breve

O edital de licitação para 38 mil vagas de estacionamentos na capital fluminense será lançado até maio, anunciou ontem o secretário-chefe da Casa Civil da Prefeitura, Pedro Paulo Carvalho, durante palestra reunião do Conselho Diretor da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), na sede da entidade, no Centro. De acordo com Pedro Paulo, a aplicação de tecnologia para a utilização das vagas será critério importante na disputa, que será concedida em dois lotes. Pelo projeto da prefeitura, a empresa vencedora será obrigada a instalar parquímetros, dispositivos eletrônicos que fazem o controle das vagas, com o pagamento sendo feito por meios eletrônicos, como cartões pré-pago ou de crédito. As tarifas, por sua vez, serão variáveis, ou seja terão um valor para cada região. Atualmente, existem 9 mil vagas de estacionamento na Zona Sul, cuja concessão está sob responsabilidade da Embrapark. "Desta vez será algo totalmente diferente, baseado no modelo de tecnologia utilizado em São Francisco e em Nova York", disse o secretá-rio, citando duas importantes cidades norte-americanas como referência. Pedro Paulo adiantou também que a licitação dos cemitérios da cidade deve sair na próxima semana. Segundo ele, a expectativa da prefeitura é que o edital seja liberado ainda hoje pelo Tribunal da Contas do Município (TCM) e o mesmo prevê que o período de transição da administração, atualmente com a Santa Casa da Misericórdia, deverá durar cerca de seis meses. PPPs  O titular da Casa Civil detalhou ainda os investimentos em Parceria Público-Privada (PPP) em andamento na capital fluminense, com destaque para o projeto Porto Maravilha, que prevê investimentos de aproximadamente R$ 7 bilhões na revitalização da região portuária. Além do Porto Maravilha, o secretário também citou a construção do BRT Transolímpica que, de um investimento total de R$ 1 bilhão, terá R$ 700 milhões de investimentos privados. O projeto, que ligará a Barra da Tiju- ca, na Zona Oeste, a Deodoro, na Zona Norte, terá quilômetros de extensão e 18 estações. O secretário confirmou ainda que, ao contrário de outros BRTs, a via também poderá receber carros. A passagem destes veículos, no entanto, será cobrada por meio de pedágios. Já os coletivos que circularão nos corredores expressos não pagarão taxas. Durante o evento na ACRJ, a mineradora Vale foi homenageada com a entrega de uma placa ao diretor da Vendas América e Administraçã de Minério de Ferro, Robert Gottschalk, além da entrega de diplomas e carteiras aos novos associados. Além de Gottschalk e do secretário d casa civil, a mesa debatedor também foi composta pelo presidente da ACRJ, Anteno Barros Leal, e pelo benemérito e ex-presidente da ACRJ, José Luiz Alquéres. Fonte: Jornal do Commercio - 25/03/2014

Warning: file_put_contents(/home/crecirj/web/creci-rj.gov.br/public_html/wp-content/uploads/essential-addons-elementor/19243cce7.min.js): failed to open stream: Permission denied in /home/crecirj/web/creci-rj.gov.br/public_html/wp-content/plugins/essential-addons-for-elementor-lite/includes/Traits/Generator.php on line 282