De olho no Centro do Rio

    A revitalização do Centro do Rio tem feito com que o mercado imobiliário volte a investir na região com empreendimentos residenciais e comerciais, além do chamado retrofit (processo de modernização) de algumas construções. As intervenções se refletem em mais opções de imóveis e, consequentemente, na valorização deles. Segundo o Sindicato da Habitação (Secovi-Rio), no caso das unidades residenciais, em julho, o valor do metro quadrado para venda chegou a R$ 8.568, uma alta de 1,56% frente a junho (R$ 8.436). Na comparação com julho do ano passado, a alta foi de 4,77% (R$ 8.178). De olho nesse cenário, a Gafisa vai lançar este mês o Mood Lapa, no bairro que estava há sete anos sem lançamentos. O residencial terá estúdios e apartamentos double suítes (com entradas independentes), além de lazer, bicicleta elétrica para os moradores, concierge (porteiro) e serviços pay-per-use (pague só se usar). "Buscamos preencher uma lacuna existente na região, levando para o bairro produto com características inovadoras para quem deseja morar na Lapa", afirma Luiz Carlos Siciliano, diretor-executivo da Gafisa. No que diz respeito aos comerciais, é possível encontrar prédios históricos que foram modernizados para atender às necessidades atuais. O Sloper Corporate, na Uruguaiana, entre as ruas do Rosário e Ouvidor, é um exemplo. No retrofit feito pela PDG, fachadas originais são restauradas e a estrutura interna é modernizada "A técnica do retrofit é ótima opção para grandes centros. A reutilização de imóveis antigos preserva a estrutura original e a história, mas, ao mesmo tempo, atualiza as instalações", diz Cláudio Hermolin, diretor-regional da empresa A entrega está prevista para este semestre. A João Fortes Engenharia investe no retrofit de dois empreendimentos no Centro: Alfa Rio Prime Business, na Rua da Alfândega, e Rosário 1 Office Center, prédio fechado há mais de 15 anos.   Fonte: Meia Hora - 06/08/2015