• Homepage
  • >
  • Mercado
  • >
  • Casa da década de 1920, no Humaitá, à venda por R$ 4,5 milhões

Casa da década de 1920, no Humaitá, à venda por R$ 4,5 milhões

Paredes e móveis brancos, piso em parquet, esquadrias em ferro colorido. De tão charmosa, ela até parece uma casa de cidadezinha bucólica do interior, mas fica no Rio mesmo, numa ruazinha tranquila do Humaitá. Nem sempre foi assim, contudo. Até dois anos atrás, a casa construída no final da década de 1920 estava caindo aos pedaços. A reforma, além de longa, foi cuidadosa. Algumas das características originais foram mantidas, mas a construção também foi modernizada para garantir a segurança e o conforto necessários no século XXI. No primeiro piso da casa, por exemplo, a área social foi integrada à cozinha, com marcenaria planejada, uma grande mesa para as refeições e cadeiras que receberam o mesmo tom das esquadrias da casa, um vermelho forte, quase vinho. No lado externo, mais charme. A área da piscina é demarcada por uma parede inteirinha de cobogós de alvenaria brancos. Além disso, há jardins e pequenos canteiros rodeando toda a construção que tem 215 metros quadrados e outros 250 de terreno livre. Como a fachada não fica de frente para a rua, as janelas podem ficar sempre abertas, o que ajuda a integrar os ambientes internos ao verde das plantas. No segundo andar, a suíte principal tem uma varandinha de onde se vê a área da piscina. E há ainda outros dois quartos. A empresa Morabilidade negocia o espaço tanto para a venda, por R$ 4,5 milhões, como para aluguel: R$ 20 mil mensais. Fonte: Jornal O Globo - 01/01/2014