• Homepage
  • >
  • Mercado
  • >
  • Pesquisa revela alguns dos bairros mais valorizados de Niterói

Pesquisa revela alguns dos bairros mais valorizados de Niterói

  Charitas, Boa Viagem e Icaraí são os três bairros de Niterói com metro quadrado mais valorizado no mercado imobiliário da cidade, conforme o ranking do Sindicato de Habitação do Rio (Secovi). Os números chegam a R$ 13.182 por metro quadrado, em Charitas; R$ 12.333, na Boa Viagem; e R$ 11.486, em Icaraí. Para esta análise, foram coletados imóveis de 1 a 4 quartos, do tipo "apartamentos padrão" usados. Os valores foram calculados com base no número de dormitórios dos imóveis. Segundo o diretor da construtora Pinto de Almeida Engenharia, Naum Ryfer, o levantamento só reafirma o fato de que as localidades têm forte procura por apresentarem "consolidadas estruturas de comércio, serviços e lazer, além de possuírem proximidade com o mar". "Na verdade, quem precifica os valores dos apartamentos nos diversos bairros da cidade é o cliente. O fator determinante é a lei da oferta e da procura. Bairros valorizados são aqueles em que todos querem morar e existem poucas ofertas. Estamos com dois lançamentos em Icaraí, onde a procura por imóveis é muito grande. É o bairro mais desejado da cidade, mas há pouca oferta de novos empreendimentos pela escassez de terrenos, e nós, construtores, temos que montar um grande quebra-cabeça para fazer a composição de um espaço viável para a construção de um edifício", explica. Com a vida agitada e o tempo cada vez mais escasso, quesitos como boa localização, facilidade de acesso a transportes, além de variedade de opções de serviços e lazer, tornaram-se fundamentais na hora da procura por um imóvel; fazendo com que Charitas, Boa Viagem e Icaraí tenham cada vez mais prestígio. "A procura vem das classes A e B. São clientes exigentes e que gostam de estar perto do que há de melhor em serviços, cultura e moda na cidade. Icaraí, por exemplo, é um bairro com vida noturna e excelentes opções de lazer para todos os gostos, boas escolas, excelentes restaurantes, além de fácil acesso à saída para Ponte, ao Centro de Niterói e à Região Oceânica. O metro quadrado em Icaraí chega a até R$ 20 mil em apartamentos de frente para o mar", informa Ryfer. A paisagista Mônica Kalil, de 40 anos, mora em um apartamento em Charitas e pretende adquirir um imóvel na planta em Icaraí, financiando diretamente com a construtora, para utilizá-lo como um investimento. "Inicialmente não vou morar, quero alugar. Viso muito o público do Comperj: vão vir muitas pessoas para Niterói. Acredito que vão querer ficar aqui, e não só em São Gonçalo e Itaboraí", elogia. Naum Ryfer destaca que o perfil do comprador mudou: o primeiro apartamento é bem diferente do que foi o de seus pais; está amparado nos novos modelos familiares, onde a mulher tem renda compatível com a do marido, permitindo que o casal desfrute de mais recursos e estabilidade econômica. Ele destaca que, só a Pinto de Almeida, tem três lançamentos que totalizam 376 unidades no bairro. "Além destes, estamos desenvolvendo o projeto do primeiro e mais moderno edifício realmente corporativo de Icaraí. Verificamos que além da localização e layout, serviços especiais também pesam na balança do público A/B. Incluímos na lista de serviços essenciais do condomínio a figura de um concièrge, que, além de outras atribuições, pode organizar toda a vida do casal, de faxina básica e entrega de documentos a agendamentos de cabeleireiro, reservas em restaurantes e até organização de festas e eventos no condomínio", enumera. Ranking - Além dos três bairros que lideram a lista do Secovi, outros lugares estão na mira dos clientes, ávidos por um imóvel em Niterói. Em quarto lugar, o metro quadrado de São Francisco está saindo por até R$ 11.250; Camboinhas vem logo em seguida, com metro quadrado a R$ 10 mil. Na sexta colocação, é a vez do Ingá, com preço máximo de R$ 9.944, e na sétima, Santa Rosa, com metro quadrado custando até R$ 8.600. "Na locação, a procura maior é por apartamento com dois dormitórios, com garagem, nos bairros de Icaraí, São Francisco, Charitas e Santa Rosa. O mercado imobiliário de Niterói é uma excelente opção de investimento. Quem comprar um imóvel nessas regiões está fazendo um excelente negócio, tanto para quem vai morar, pelo conforto e qualidade de vida, como para quem quiser investir, pelo excelente retorno que vai obter com esse investimento", afirmam Luiz Claudio Oliveira Moreira e Luiz Carlos Moreira, diretores de uma imobiliária em Niterói, filiada ao Secovi. O Centro vem na oitava posição do levantamento com metro quadrado a R$ 8.077. Depois, Itaipu, com preço máximo de R$ 7.653, e por último o Barreto, em décimo lugar, onde o metro quadrado custa até R$ 6.735. Fonte: O Fluminense - 24/03/2014