• Homepage
  • >
  • Creci
  • >
  • Palestra para Fiscalização do Creci-RJ aborda combate ao contraventor

Palestra para Fiscalização do Creci-RJ aborda combate ao contraventor

quinta-feira, 10 novembro, 2022

Formas de abordagem e exercício ilegal da profissão foram alguns dos temas da palestra realizada, no último dia 04 de novembro, no auditório da sede do Creci-RJ, para os fiscais do Conselho que trabalham diretamente no combate aos contraventores. O segundo-tenente da Polícia Militar, Michael Magalhães, tirou muitas dúvidas dos presentes ao falar sobre a abordagem da proximidade como decorrência do poder da Polícia Administrativa.

A experiência do tenente Magalhães, que já trabalhou na Assessoria Jurídica do Creci-RJ, motivou os fiscais que apontavam inúmeras situações enfrentadas por eles durante a atuação nas ruas.

- É de fundamental importância o trabalho da fiscalização, já que aproxima a sociedade do Conselho e fico gratificado em poder trazer um pouco mais de conhecimento acerca dessas importantes pontuações e ponderações jurídicas - ressaltou Magalhães.

O presidente do Creci-RJ, Marcelo Moura, ressalta que o foco da atual gestão é retirar o contraventor das ruas:

- Desde que assumimos, nossa fiscalização está focada no combate exclusivo ao contraventor, sempre buscando proteger a sociedade para que não caia em golpes do mercado imobiliário. E vamos avançar ampliando o número de operações em todo o estado, eliminando os ilegais e conscientizando a população sobre a importância do corretor de imóveis.

Já o vice-presidente do Creci-RJ, João Eduardo Correa, ressalta as inovações aplicadas durante o ano para a evolução da fiscalização:

- Além do foco de combater o contraventor, inovamos com a utilização das câmeras nas operações, o que já vem repercutindo positivamente no mercado, e estamos ampliando a capacitação da nossa equipe de fiscalização, buscando sempre evoluir e apresentar os resultados desejados pelos corretores de imóveis e pela sociedade.

A fiscalização é imprescindível no combate às ilegalidades no mercado imobiliário e tem o objetivo principal de resguardar a sociedade nas negociações de imóveis. Muitas vezes, o cliente junta dinheiro de toda uma vida para comprar um imóvel e pode ter sérios prejuízos se negociar com um contraventor. Assim, o Conselho age com rigor para autuar os ilegais em todo o estado, proporcionando tranquilidade para a população.