• Homepage
  • >
  • Creci
  • >
  • Congresso BIB-RIO traz otimismo para o mercado imobiliário em 2023

Congresso BIB-RIO traz otimismo para o mercado imobiliário em 2023

O IV Congresso da BIB-RIO (Bolsa Imobiliária da Barra da Tijuca) apontou uma perspectiva de crescimento para o mercado imobiliário brasileiro para o ano de 2023. O evento, ocorrido na terça-feira, dia 29 de novembro, contou com a presença do presidente do Creci-RJ, Marcelo Moura, afirmando que o setor vai continuar crescendo muito, mesmo com a mudança de governo.

Moura participou do painel "Cenário Mercado Imobiliário Pós Eleições", ao lado do presidente da BIB-RIO, Edison Parente, da presidente da BNI (Bolsa Nacional Imobiliária), Isabela Domenici, e do diretor adjunto de locação da ABADI (Associação Brasileira dos Advogados Imobiliários), Marco Freitas. Na ocasião, todos foram unânimes em afirmar que o mercado atual é sólido e as perspectivas são de crescimento.

A presidente da BNI destacou a solidez atual do mercado imobiliário brasileiro, mas lembrou que trata-se de um setor de altos e baixos apresentando suas fases de retração, recuperação e expansão. Isabela Domenici disse ainda que é um momento de reorganização e expectativa das diretrizes do novo presidente eleito. “As perspectivas são boas. Nosso mercado é sólido e já passamos por outras crises, outros governos e estamos aqui”, completou ela.

Trabalhar junto ao Congresso Nacional é um objetivo que o presidente do Creci-RJ tem para alcançar um patamar diferente de valorização do corretor de imóveis e buscar nível superior para toda a classe. “Nós temos uma responsabilidade muito grande perante a sociedade que é com o patrimônio do cidadão. Não é um mercado para aventureiros, é um mercado para preparados. Temos que mostrar para a sociedade que não somos um ônus, e sim um bônus, e essa sociedade precisa ter a confiança no corretor de imóveis, porque somente ele pode passar segurança jurídica”, explicou Marcelo Moura.

O presidente do Creci-RJ acredita que as construções vão continuar em ritmo acelerado, já que o próximo governo, mais do que o atual, é voltado para o social. “Acredito que as taxas de juros vão diminuir e acho que podemos trabalhar para o governo utilizar a Caixa Econômica Federal para reduzir a taxa de juros e consequentemente servir de base para os bancos privados”, completa Marcelo Moura.

Os últimos anos foram desafiadores para o mercado imobiliário por conta da pandemia da Covid-19. Mas para os participantes do IV Congresso BIB-RIO, o ano de 2023 será de grande expectativa de crescimento, tanto para a compra e venda, como para os alugueis e também para a construção de imóveis.

  • Homepage
  • >
  • Creci
  • >
  • Congresso BIB-RIO traz otimismo para o mercado imobiliário em 2023

O IV Congresso da BIB-RIO (Bolsa Imobiliária da Barra da Tijuca) apontou uma perspectiva de crescimento para o mercado imobiliário brasileiro para o ano de 2023. O evento, ocorrido na terça-feira, dia 29 de novembro, contou com a presença do presidente do Creci-RJ, Marcelo Moura, afirmando que o setor vai continuar crescendo muito, mesmo com a mudança de governo.

Moura participou do painel "Cenário Mercado Imobiliário Pós Eleições", ao lado do presidente da BIB-RIO, Edison Parente, da presidente da BNI (Bolsa Nacional Imobiliária), Isabela Domenici, e do diretor adjunto de locação da ABADI (Associação Brasileira dos Advogados Imobiliários), Marco Freitas. Na ocasião, todos foram unânimes em afirmar que o mercado atual é sólido e as perspectivas são de crescimento.

A presidente da BNI destacou a solidez atual do mercado imobiliário brasileiro, mas lembrou que trata-se de um setor de altos e baixos apresentando suas fases de retração, recuperação e expansão. Isabela Domenici disse ainda que é um momento de reorganização e expectativa das diretrizes do novo presidente eleito. “As perspectivas são boas. Nosso mercado é sólido e já passamos por outras crises, outros governos e estamos aqui”, completou ela.

Trabalhar junto ao Congresso Nacional é um objetivo que o presidente do Creci-RJ tem para alcançar um patamar diferente de valorização do corretor de imóveis e buscar nível superior para toda a classe. “Nós temos uma responsabilidade muito grande perante a sociedade que é com o patrimônio do cidadão. Não é um mercado para aventureiros, é um mercado para preparados. Temos que mostrar para a sociedade que não somos um ônus, e sim um bônus, e essa sociedade precisa ter a confiança no corretor de imóveis, porque somente ele pode passar segurança jurídica”, explicou Marcelo Moura.

O presidente do Creci-RJ acredita que as construções vão continuar em ritmo acelerado, já que o próximo governo, mais do que o atual, é voltado para o social. “Acredito que as taxas de juros vão diminuir e acho que podemos trabalhar para o governo utilizar a Caixa Econômica Federal para reduzir a taxa de juros e consequentemente servir de base para os bancos privados”, completa Marcelo Moura.

Os últimos anos foram desafiadores para o mercado imobiliário por conta da pandemia da Covid-19. Mas para os participantes do IV Congresso BIB-RIO, o ano de 2023 será de grande expectativa de crescimento, tanto para a compra e venda, como para os alugueis e também para a construção de imóveis.