Via expressa que liga a Angra

  O morador da Barra, do Recreio e das adjacências que tem a Costa Verde entre suas opções de lazer, mas que hesita antes de programar a viagem porque sabe que os congestionamentos começam, muitas vezes, nas ruas do centro de Santa Cruz, principal caminho em direção à região, a partir da Barra, pode ter esperanças de ver a situação melhorar. Se sair do papel, o chamado Trecho 6, projeto para fechar o anel viário desenvolvido pela prefeitura para a cidade, vai literalmente contornar o problema. A via levará a Angra dos Reis e localidades próximas passando por fora de Santa Cruz. De acordo com o secretário de Coordenação de Governo, Pedro Paulo Teixeira, o projeto básico e os principais números de modelagem da via expressa já foram concluídos, via Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas. - Ainda não há projeto licitatório em curso, mas já foi realizado o que chamamos de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), desenvolvido pela empresa CCR, entre 2013 e 2014. Ele consiste em estudo, levantamento e projeto que poderão orientar a Parceria Público-Privada (PPP). Antes da realização da licitação, será necessário consultar a população e realizar audiências públicas sobre o tema - afirma. O Trecho 6, segundo a prefeitura, serviria para desafogar o trânsito em Santa Cruz. Mas Pedro Paulo acredita que o morador da Zona Oeste que quiser seguir para a Costa Verde também poderá se beneficiar da via. - A obra melhorará a mobilidade, e aumentará muito a qualidade do tráfego, reduzindo o tempo de deslocamento. Isso será um estímulo natural às viagens curtas - pontua. Segundo o secretário, a estimativa de investimento é de R$ 1,2 bilhão, e o trabalho duraria de dois anos e meio a três anos e meio. Entre as possíveis fontes de recursos previstas estão PPP patrocinada, concessão, contraprestação municipal, PAC de Mobilidade e tarifa de pedágio. Para Alexandre Araújo, morador da Barra, dono de um apartamento em Angra, o projeto facilitará a viagem: - O trânsito pelo centro de Santa Cruz é bem ruim. Uma via expressa seria ótimo, facilitaria para muita gente. Mas, se tiver pedágio, dependendo do valor vou preferir pegar o congestionamento de Santa Cruz.   Fonte: O Globo - 03/12/2015