Tatuzão debaixo d'água

  Por conta do nível do lençol freático na região, a estação Antero de Quental, no Leblon, foi construída como se fosse um aquário e teve que ser alagada para permitir a entrada - quase submarina - do Tatuzão. Depois disso, a Antero de Quental foi vedada, e a água, retirada. Aliás, hoje, Pezão e o secretário de Transportes, Carlos Osório, farão uma vistoria na futura estação do Leblon.   Fonte: O Globo - 03/12/2015