O amanhã depois da perimetral

  O Museu do Amanhã, que será inaugurado em 17 de dezembro, abre com uma exposição temporária sobre a derrubada da Perimetral, que estava fincada a poucos metros dali. Assinada por Andrucha Waddington, da Conspiração Filmes, Vik Muniz, artista plástico, e Liana Brazil e Russ Rive, da SuperUber, a mostra será a primeira do espaço de 600m² no térreo, que, duas a três vezes por ano, receberá uma nova exposição. "Será uma homenagem a toda a mudança do Porto: uma exposição de muito impacto, com projeções e som, reproduzindo a derrubada da Perimetral e a transformação da região", adiantou Ricardo Piquet, diretor do museu. Maravilha.   Fonte: O Globo - 12/11/2015