• Homepage
  • >
  • Mercado
  • >
  • 'Novo bairro' com diversos atrativos para quem deseja morar em Niterói

'Novo bairro' com diversos atrativos para quem deseja morar em Niterói

  Apontada como uma das principais áreas para lançamentos de novos empreendimentos a partir de 2015, o Jardim Santa Rosa - como foi batizado pelo setor imobiliário -, é uma espécie de "novo bairro" dentro de Santa Rosa, porém, com maior potencial para investimentos e uma valorização acima do entorno. Além disso, o Jardim Icaraí permanece como líder em lançamentos, juntamente ao Centro, que também se destaca a partir desse ano, em função da localização e dos investimentos em melhorias, segundo especialistas do setor. Já faz algum tempo que as proximidades de Icaraí permanecem no topo dos lançamentos imobiliários em Niterói. No entanto, até mesmo pela falta de terrenos, outros bairros começam a se destacar em número de empreendimentos na cidade, como é o caso da área que construtoras e imobiliárias chamam de Jardim Santa Rosa. Segundo Jorge Rucas, diretor nacional de negócios da João Fortes, o "novo bairro" será sem dúvida a principal área de concentração de lançamentos do mercado em 2015. "Atualmente, o Jardim Santa Rosa vem tendo o maior número de investimentos, apesar de bairros tradicionais como São Francisco, Ingá e Charitas também terem voltado a oferecer novidades. Vale destacar que, em função dos preços mais acessíveis, o bairro tem atraído um público que basicamente está começando a vida, comprando seu primeiro imóvel. No entanto, a valorização da área é grande, pois a demanda não para de crescer", destaca Rucas. Preços - O que se convencionou chamar de Jardim Santa Rosa pelo setor imobiliário, é um quadrante delimitado pelas ruas Noronha Torrezão, Santa Rosa, Siqueira Campos e Vereador Duque Estrada. A área se destaca pela valorização acima do entorno, e, de acordo com a Julio Fortes, se comparado em um valor de mercado atual, o metro quadrado em Santa Rosa está custando em torno de R$ 6,4 mil, já no Jardim Santa Rosa, o preço atual é de R$ 7,4 mil. O engenheiro Domingos Reis, de 36 anos, há dois anos escolheu o Jardim Santa Rosa para comprar um imóvel. O bairro, segundo ele, oferece uma boa mobilidade e ampla oferta de comércio. Apesar de satisfeito, Domingos destaca a importância da localidade se preparar para o aumento habitacional que está acontecendo. "Na época da compra, eu estava recém-casado, procurando um imóvel e já pude perceber o potencial do Jardim Santa Rosa, com diversas ofertas de empreendimentos que começariam a ser construídos. Já era a área com mais opções há dois anos. Como trabalho no Rio, acho que o bairro tem uma boa localização para quem precisa fazer esse trajeto. Também vejo o local como sossegado e com bastante oferta de comércio e serviços. Para se ter uma ideia do crescimento, só na vizinhança do meu condomínio três prédios novos estão sendo construídos ao mesmo tempo. Apesar de todas as ruas das proximidades terem sido asfaltadas, acho que deveria haver mais investimento na infraestrutura para receber esse aumento de moradores", ressalta. Independente do quadrante mais valorizado, Santa Rosa sempre foi uma boa opção para se morar e com boa demanda, segundo Naum Ryfer, diretor da Pinto de Almeida Engenharia. De acordo com ele, trata-se de um bairro tranquilo, mas ao mesmo tempo próximo a um comércio sofisticado, serviços de qualidade, boas escolas e excelentes restaurantes, além de estar próximo a Icaraí e com fácil acesso à saída para a Ponte Rio-Niterói, ao Centro de Niterói e à Região Oceânica. "Os terrenos em Icaraí estão cada vez mais escassos e o resultado natural é a procura por bairros vizinhos. O Eldorado II, lançamento da Pinto de Almeida na rua Professor Otacílio, em Santa Rosa, foi um exemplo de grande sucesso de vendas na região. No final de semana de lançamento, ou seja, em apenas 48 horas, o empreendimento teve 60% dos seus apartamentos vendidos. Acreditamos também que Pendotiba, com a breve implantação de uma nova legislação, através da criação de seu Plano Regional de Urbanismo (PUR), será uma boa aposta", afirma. Lançamentos - Além de Jardim Santa Rosa, o Centro, que começa a ser beneficiado com investimentos na infraestrutura, promete ser destaque em lançamentos este ano. Segundo o vice-presidente do Sindicato de Habitação (Secovi Rio), Leonardo Schneider, os moradores de Niterói conseguem ter qualidade de vida a um custo menor do que no Rio de Janeiro, estando ao mesmo tempo próximo da cidade. Por essa razão, para ele o Centro de Niterói também vem se tornando um ótimo local para morar e por este motivo tem recebido cada vez mais empreendimentos. "No Centro há muitas casas que podem se tornar terrenos para empreendimentos e também uma excelente infraestrutura ao lado do Rio de Janeiro e dos principais centros comerciais. A região de São Domingos, que fica ao lado do Centro e perto de Icaraí, também conta com muitas casas e as mesmas vantagens", destaca. Infraestrutura - Para o diretor da Pinto de Almeida, o Centro de Niterói será uma das vedetes do mercado imobiliário nos próximos anos com sua revitalização eminente, facilidade de transportes, serviços e comércio. "Nosso último lançamento no bairro foi o Blue Bay, na Rua Visconde de Uruguai, próximo às Barcas, Ponte, Rodoviária e Plaza Shopping. Serão apartamentos de 56 a 75 metros quadrados, com dois quartos, sendo uma suíte, e coberturas lineares, com piscina, deque e churrasqueira. O condomínio possui área de lazer com brinquedoteca, piscinas, sauna, sala de repouso, salão de festas e jogos, fitness e espaço gourmet, a partir de R$ 317 mil", destaca Ryfer. Líderes de venda - Mas nem todos os bairros com grande número de novos empreendimentos serão novidade em 2015. Segundo Schneider, a região de Jardim Icaraí permanece entre as áreas que lideram em quantidade os lançamentos imobiliários em Niterói. Ele afirma, ainda, que essa procura intensa já acontece há muitos anos nas redondezas por serem locais próximos à boa infraestrutura que Icaraí oferece. "São muitas as vantagens que atraem o interesse por moradias perto de Icaraí, tais como a Rua Moreira César, que é um shopping a céu aberto, com as principais grifes e a consolidação do "Baixo Jardim Icaraí", com diversos restaurantes. Além disso, essas regiões estão próximas das Barcas e do Catamarã, que são os principais meios de transportes alternativos para atravessar para o Rio de Janeiro", conta.   Fonte: O Fluminense - 09/02/2015