• Homepage
  • >
  • Mercado
  • >
  • Linha 4 será entregue até 1º de agosto, garante secretário

Linha 4 será entregue até 1º de agosto, garante secretário

metro

O secretário estadual de Transportes do Rio, Rodrigo Vieira, garantiu ontem que as obras da Linha 4 do metrô, que ligará Ipanema à Barra da Tijuca, estarão prontas para as Olimpíadas no dia 1º de agosto. Ele disse que o governo federal prometeu o repasse de R$ 989 milhões ao estado para a conclusão das obras, num acordo firmado durante a visita à cidade do presidente em exercício, Michel Temer, anteontem. A verba deverá ser transferida para os cofres do estado, provavelmente, na próxima segunda-feira, segundo Vieira, que participou ontem da entrega da estação São Conrado:

-Todas as estações estarão disponíveis no dia 1° de agosto para utilização. A única estação que ficará para o final de 2017 é a estação Gávea, que teve o projeto ampliado, por conta de uma demanda do licenciamento ambiental, que determinou que a estação tivesse duas plataformas independentes. Em relação às verbas nós tivemos ontem (anteontem) o governo federal, através do presidente em visita ao Rio, assegurando as verbas que ainda faltam, na ordem de R$ 989 milhões, que estão equacionadas e serão liberadas até a próxima semana.

Segundo o secretário de Transportes, cerca de 60 mil usuários irão passar diariamente pela estação de São Conrado. Ele disse também que, entre 15 e 20 dias antes da inauguração da Linha 4, os trens entrarão em operação, ainda sem passageiros, para que sejam realizados todos os testes obrigatórios.

Vieira, para quem "não há mais tempo para atrasos", disse que o chamado "Plano B", acertado entre governo do estado e prefeitura, para o transporte de passageiros durante os Jogos, e que não conta com a inauguração do metrô, já está pronto desde a candidatura da cidade aos Jogos, em 2007.

- Qualquer projeto de transporte tem alternativa. Seria errado se não houvesse plano B. Mas a gente garante que no dia 1º de agosto, o metrô será entregue sem nenhum atraso.

Durante a inauguração da Vila Olímpica, ontem, o prefeito Eduardo Paes não quis comentar o risco de o metrô não ficar pronto para os Jogos.

- Essa pergunta tem que ser feita ao governador, é a única obra que eu não faço - disse.

Fonte: Jornal O Globo - 16/06/2016