A estrela da Zona Oeste

  Construtoras do Rio voltam seus olhares e projetos para o bairro de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Os empreendimentos são para todas as faixas de renda, incluindo unidades financiadas pelo programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. O Bravo! Residencial, da Caetano Belloni, por exemplo, terá 56 unidades, entre apartamentos e coberturas de três e quatro quartos, além de lazer e segurança. Segundo Guilherme Belloni, gerente de incorporação, o Bravo! levou em consideração as preferências dos moradores do bairro. "Conversamo scom os comerciantes e os moradores para identificar o que eles desejam ter em um condomínio. Imóveis com plantas generosas e itens de lazer foram muito requisitados. É preciso lembrar que o morador de Campo Grande não quer sair do bairro", afirma. Já a Fernandes Araujo lançou a última fase do Adryana Varandas Residences, com unidades de dois quartos, varanda e opções de lazer. "Temos vários empreendimentos no bairro e a previsão é de lançar mais um até dezembro", conta Paulo Araújo, gerente comercial da empresa. A Celta investe em projetos no local pelo Minha Casa, Minha Vida. Um deles é o Rio Vida II, já em construção. "No total, o condomínio terá 460 apartamentos de dois quartos", diz Leandro Botelho, diretor comercial. A Vitale constrói em Campo Grande o Front Park Residence, com 435 unidades, mais de 30 opções de lazer e academia administrada pela Rio Sport Center. O condomínio contará ainda com transporte para levar os moradores para os principais locais da região. Para quem não abre mão de morar em casa, a Vitale entrega este ano o Vivant Residencial. São 87 unidades, entre casas dúplex com churrasqueira e quintal e casas lineares. A área de lazer terá quadra de futebol, quadra de areia, salão de festas, churrasqueiras com forno de pizza, playground e piscinas adulto e infantil.     Fonte: Meia Hora, Imóveis - 21/08/2014