• Homepage
  • >
  • Mercado
  • >
  • Crédito para casa própria sobe 22% para R$ 8,2 bilhões

Crédito para casa própria sobe 22% para R$ 8,2 bilhões

O volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis, com recursos das cadernetas administradas pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), atingiu R$ 8,2 bilhões, em janeiro. O aumento é 22% superior ao mesmo mês em 2013, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Foi, ainda, o melhor resultado para janeiro em 20 anos. No acumulado de 12 meses, o volume alcançou R$ 110,6 bilhões, 32% maior do que nos 12 meses anteriores. No primeiro mês do ano, foram contratados 39,9 mil financiamentos para aquisições e construções de imóveis, mais 12% em comparação com o mesmo mês de 2013. Também foi o melhor resultado em unidades beneficiadas para janeiro. Nos últimos 12 meses até janeiro, o sistema garantiu financiamento de 534,1 mil imóveis, recorde e 17% superior aos 455,1 mil contratos entre fevereiro de 2012 e janeiro de 2013. Segundo a Abecip, os depósitos em cadernetas de poupança, nos agentes financeiros do SBPE, atingiram R$ 711 milhões. O resultado é inferior ao de janeiro do ano passado, mas positivo, pois os depósitos superaram as retiradas. O estoque dos depósitos de poupança no SBPE alcançou, em janeiro, R$ 469,92 bilhões, 77,95% da poupança total, de R$ 602,79 bilhões. A captação líquida da poupança, em janeiro, foi menor do que nos meses anteriores, em razão do aumento de saques para pagar dívidas de fim de ano. Mas, mesmo com a subida da taxa básica de juros (Selic), que reduz a atratividade da poupança, em relação aos fundos de renda fixa, janeiro registrou o 23º mês seguido de saldo positivo das tradicionais cadernetas. O último mês de saldo negativo foi fevereiro de 2012, com déficit de R$ 414,52 milhões. Fonte: Monitor Mercantil - 11/03/2014