• Homepage
  • >
  • Mercado
  • >
  • Caixa muda regras para crédito dando o imóvel como garantia

Caixa muda regras para crédito dando o imóvel como garantia

Pegar empréstimo dando o imóvel como garantia ficou mais fácil na Caixa Econômica Federal. É que o banco reformulou sua linha de refinanciamento de imóveis. Com isso, o Crédito Aporte Caixa passa agora a se chamar Crédito Imóvel Próprio Caixa. Na prática, a mudança atinge aqueles clientes que não utilizavam o crédito total liberado num primeiro momento. Nesses casos, seis meses após a contratação do produto, o cliente tem direito à nova liberação de crédito, sem precisar registrar novamente em cartório a negociação. Por exemplo, o cliente que teve um crédito de R$ 100 mil liberado, mas usou R$ 80 mil, poderá, seis meses depois, pedir os outros R$ 20 mil, ou qualquer valor abaixo disso. Para o diretor executivo de Clientes e Estratégia de Varejo da Caixa, Édilo Ricardo Valadares, a mudança torna o produto mais atrativo: — É importante pois o cliente poderá realizar novas liberações de crédito de acordo com a sua necessidade — afirma. O Crédito Imóvel Próprio Caixa é uma linha de crédito conhecida no mercado como home equity ou refinanciamento de imóveis, destinado a pessoas físicas, que podem dar um imóvel, já quitado, como garantia para empréstimos. A linha não tem destinação específica, ou seja, o dinheiro pode ser usado para comprar qualquer tipo de bem, inclusive outros imóveis, e até viagens. No caso da Caixa, é possível obter um crédito de até 60% do valor do imóvel dado como garantia. Mas os juros são altos. As taxas variam de 1,10% a 1,49% ao mês, mais TR. É possível usar imóveis residenciais, comerciais e terrenos, em áreas urbanas ou rurais, como garantia. Na primeira quinzena de novembro, a carteira do produto alcançou R$ 6 bilhões de saldo de operações contratadas. No mesmo período, o crescimento na quantidade de contratos foi de 120,4%, passando de 38.234 mil para 53.599 mil contratos. Fonte: Jornal O Globo - 29/11/2013