10 Dicas para comprar imóveis na planta

  Muitos sonham em conquistar a casa própria e a compra do imóvel é um dos momentos mais importantes na vida de uma pessoa, por isso, é preciso atentar-se ao máximo de detalhes para evitar eventuais problemas. Comprar um imóvel na planta exige muito cuidado e atenção para evitar um mau negócio. Existe uma série de detalhes que precisa ser analisada e estudada. É normal surgir imprevistos neste tipo de negócio, tais como atraso na entrega das chaves, atraso na entrega da unidade, problemas acústicos, entre outros. Para evitar transtornos é necessário ficar atento aos principais detalhes. Confira algumas dicas para comprar um imóvel na planta com sucesso. 1 - Conheça o Bairro Antes de fechar a compra do seu imóvel faça uma pesquisa detalhada sobre a região, conheça a vizinhança, verifique se o local está dentro das suas expectativas, confira se a rua está sujeita a alagamento.  Se possível faça visita em dias e horários diferentes, pois um lugar tranquilo pode ser intransitável em dias úteis. 2 - Conheça outros empreendimentos da construtora Se possível visite outros empreendimentos da mesma construtora, converse com moradores e síndicos. Faça uma pesquisa nas redes sociais, consulte também o Procon e o Reclame Aqui. 3 - Infraestrutura da região Faça uma avaliação das principais condições de transporte público e das vias de acesso da região em relação aos deslocamentos para o trabalho, escolas, bancos, mercados, hospitais e etc. 4 - Estude a Planta do Imóvel Avalie atentamente a planta da unidade que você tem interesse. Confira a disposição em relação à claridade, ventilação, ruídos externos. Confirme a quantidade de vagas e veja se são presas e cobertas. 5 - Contrato de Compra e Venda Leia atentamente todas as cláusulas do contrato. Confira se todos os itens estão corretos conforme o combinado com o corretor. Se, houver alguma dúvida, leve o contrato para casa, leia com calma e procure um profissional especializado para esclarecer todos os itens. Ao assinar o contrato lembre-se de rubricar todas as páginas. Exija, na hora, uma via do contrato original e guarde-a com você, reconhecendo as firmas de todas as assinaturas. 6 - Examine o Memorial Descritivo Examine todos os detalhes do Memorial Descritivo. Nele estão especificados todos os materiais que serão utilizados no condomínio e na unidade, como por exemplo, a marca dos materiais de acabamento de azulejos, pisos, metais, etc. 7 - Reajuste pelo INCC Durante as obras, o comprador paga as parcelas para a construtora. Essas parcelas mensais são corrigidas pelo Índice Nacional da Construção Civil ? INCC. Somente quando o imóvel estiver pronto que assina o contrato com o banco. 8 - As chaves A parcela das chaves é uma parcela intermediária, com data 0 de pagamento com vencimento que coincide com o prazo prometido para a conclusão das obras. Vale lembrar que quando as obras atrasam é necessário efetuar o pagamento do mesmo jeito. 9 - Financiamento Imobiliário No financiamento imobiliário atente-se aos documentos necessários, como por exemplo: RG, CPF, Comprovante de Renda e de residência, entre outros.  Se a intenção é utilizar o FGTS informe-se na Caixa Econômica Federal e confira a possibilidade do uso para aquisição do imóvel. Outra dica é fazer simulações em várias instituições financeiras e analisar as melhores taxas de juros. 10 - Entrega das Unidades Depois das obras prontas e antes de entregar o apartamento, cada unidade passa por uma vistoria. É neste momento que precisa se atentar a todos os detalhes como pinturas, pisos e azulejos trincados, rachadura nas paredes. Verifique também se as tomadas estão funcionando e se água corre para os ralos.   Fonte: ABC Imóvel – 30/03/2015