<




Fiscalização do Creci-RJ amplia os canais de denúncias para combater o exercício ilegal da profissão

O setor de fiscalização do Creci-RJ criou mais um canal de denúncias para combater práticas ilegais do exercício da profissão de corretores de imóveis. Desde abril, o setor conta com um número para atendimento por meio do aplicativo whatsapp que é disponibilizado aos profissionais e sociedade em geral.

De acordo com o Chefe da Fiscalização do Conselho, Marcus Limão, o novo método adotado tem sido eficaz:

– A praticidade do whatsapp é muito favorável. Apesar de não termos ainda a mesma demanda dos outros canais, até por ser mais recente, estamos com uma boa participação – afirma Marcus Limão.

Vale ressaltar que o Creci-RJ mantém visitas fiscais em todas as áreas do Rio de Janeiro quase que mensalmente, entretanto, é fundamental que o próprio profissional de corretagem imobiliária denuncie o exercício ilegal.

– É muito importante a participação da sociedade para nos auxiliar nesse combate. O Rio de Janeiro é muito grande e não conseguimos fazer diligência em todos os lugares ao mesmo tempo, então, as denúncias nos orientam pra sabermos onde temos que ir e autuar àqueles que praticam ilegalmente a profissão – explica Limão.

Entretanto, apesar da eficácia dos canais de denúncia, Marcus Limão explica que a falta de especificação nas informações ainda é o grande obstáculo para o sucesso de todas as diligências:
– Nossa maior dificuldade hoje é a falta de informação. Muitas vezes recebemos denúncias pouco específicas, dando apenas nomes. Precisamos de dados mais precisos, como, por exemplo, onde o sujeito atua. Não tem como chegarmos até o individuo de outra forma. Muitas denúncias são contra anunciantes da internet, mas infelizmente fica muito vago saber algo sobre a pessoa, requer uma investigação mais cuidadosa da nossa equipe. Por isso, solicitamos aos corretores que nos deem informações mais especificas nas denúncias – explica o Chefe da Fiscalização do Conselho.

Vale lembrar que denúncias podem ser feitas através do site do Conselho, do telefone (21) 3514-1835/1836 ou por whatsapp no número (21) 99103-2133.

Outro ponto importante é que o whatsapp da fiscalização tem o objetivo de atender apenas as denúncias de exercício ilegal da profissão. Outras solicitações ao Conselho poderão ser feitas através do Serviço de Informação do Creci-RJ pelos telefones (21) 3514-1853/1863/1879.