<




COMUNICADO DELEGACIAS REGIONAIS

Rio de Janeiro, Maio de 2017

Prezados (as) Corretores (as) de Imóveis,

O Creci-RJ, a exemplo de vários Órgãos Federais, Estaduais ou Municipais, empresas de pequeno, médio ou grande porte, empregados ou empresários, está atento aos rumos que a economia brasileira vem tomando nos últimos anos. O crescente número no desemprego do país, a alta da inflação e um PIB (Produto Interno Bruto) deficitário, são motivos sólidos para preocupações a médio e longo prazo.

A dificuldade em passar por situações delicadas é algo comum dentro da realidade contemporânea em todas as empresas, sendo que, sem um plano de contingência para atravessar esses momentos, as coisas podem se tornar ainda mais complexas. É preciso manter o equilíbrio financeiro e, para tanto, não pode-se deixar que as despesas sejam maiores que a receita.

O Conselho já vem colocando em prática, desde 2015, diversas ações de contenção de despesas, principalmente em sua Sede. Ações estas que tem tido total apoio e compreensão de toda a instituição, como Presidente, Diretoria, Conselheiros e empregados. Entretanto, as medidas adotadas ainda não foram suficientes para alcançar o necessário equilíbrio.

A queda de aproximadamente 20% na arrecadação de 2016 em relação a 2015, a falta de candidatos aprovados no último Concurso Público para determinadas localidades, o pouco movimento constatado em algumas de nossas dependências (menos de cinco atendimentos presenciais durante um mês), e a receita menor do que a despesa nos obrigou a promover o fechamento de algumas Delegacias Regionais.

São elas: Valença, Barra Mansa, Barra do Piraí, Miguel Pereira, Armação dos Búzios, Saquarema, Maricá, Itaboraí, Magé, Piratininga, Mangaratiba, Paraty, Itaguaí, Vila da Penha, Belford Roxo e Três Rios.

Mesmo estando plenamente justificada tal medida, fazemos isso a contragosto, mas, conscientes que para o momento atual estamos tomando a decisão correta.
Independente do fechamento da Delegacia Regional a qual você, corretor de imóveis, esteja vinculado, próximo a sua residência, ao seu trabalho ou sua cidade, terá outra dependência do Conselho para atendê-lo da mesma forma, com presteza, eficiência e cordialidade.

Além do atendimento presencial, o Creci-RJ tem investido em outros canais de atendimento, como serviços online e por telefone. Qualquer dúvida ou informação pode ser conseguida por meio do portal (www.creci-rj.gov.br) ou pelo Serviço de Informação ao Corretor (SIC) – (21) 3514-1879 | 1821 | 1863 | 1853.

Agradecemos pela compreensão de todos.

Manoel da Silveira Maia

Presidente